Morre diretor de O Massacre da Serra Elétrica

Fotos: divulgação

tobehooper

Os últimos dois anos foram cruéis para o cinema de terror. Em 2015, morreu Wes Craven. Em julho deste ano, perdemos George A. Romero. No sábado, 26 de agosto, quem partiu deste mundo foi Tobe Hooper, diretor de filmes como Poltergeist, Pague para Entrar, Reze para Sair e O Massacre da Serra Elétrica. Hooper faleceu aos 74 anos, de causas não divulgadas.

Tobe nasceu em Austin, no Texas, estado americano cujo nome apareceria em sua obra mais importante. Hooper dirigiu mais de 20 películas. Um de seus grandes sucessos é Poltergeist, de 1982, história de uma família aterrorizada por fenômenos paranormais que teve como um dos produtores e roteiristas ninguém menos que Steven Spielberg. Porém, Poltergeist está mais para uma aventura fantástica, dificilmente figurável em uma lista de clássicos do horror.

polter

Foi com O Massacre da Serra Elétrica (no original The Texas Chainsaw Massacre), em 1974, que Hooper deu sua melhor contribuição ao estilo. Nesta produção barra pesada, cinco jovens viajando por uma estrada acabam vítimas de um grupo de psicopatas antropófagos.

Inspirado no canibal Ed Gein, O Massacre da Serra Elétrica inovou com um terror ultra realista. A câmera se aproxima e passeia pelas cenas com tal desenvoltura que o espectador tem a sensação de se transportar para a trama sanguinária. A fotografia propositalmente estourada nas sequências diurnas e a pouca iluminação dos takes noturnos cria, ao lado da captação de som propositalmente tosca, uma atmosfera psicodélica em um ambiente de delírio pavoroso.

texas-chainsaw-massacre-987x750

Ressalte-se ainda a maquiagem bizarra que imortalizou o maníaco Leatherface com sua máscara feita de pele humana como um dos mais célebres personagens dos filmes de terror. Na época orçado em 300 mil dólares, O Massacre da Serra Elétrica virou blockbuster mundo afora e chegou a ser proibido em diversos países pelo conteúdo chocante. No Brasil mesmo, levou mais de uma década para chegar.

Hooper ainda dirigiu o segundo filme da franquia The Texas Chainsaw Massacre em 1986, sem alcançar o mesmo resultado e repercussão do original. Seu nome, no entanto, já estava registrado na história dos filmes de horror.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s