Exorcismo via subconsciente

Foto: divulgação

devil

Marcelo Araújo 

Dominação, do diretor Brad Peyton, em cartaz nos cinemas brasileiros, aborda tema recorrente nos filmes de terror, a possessão demoníaca, de forma original. Ao invés de padres com água benta, crucifixos e orações entra em cena um paranormal que usa a mente para tentar libertar um garoto possuído por uma entidade.

Aaron Eckhart, de Obrigado por Fumar, interpreta Seth Ember, exorcista com método pouco convencional. No lugar de todo o aparato que costuma a acompanhar os esconjuradores, ele se vale de um dom que permite entrar na mente das pessoas. No subconsciente, um mundo imaginário, Seth enfrenta os espíritos malignos para salvar as vítimas.

Paraplégico por conta de um acidente que matou sua esposa e filho, Ember se refugia na bebida para aplacar a perda. O exorcista busca obsessivamente o responsável por sua tragédia, um demônio que se apodera dos seres humanos e os utiliza para praticar o mal.

A procura parece chegar ao fim quando encontra o garoto Cameron Sparrow (David Mazouz), vítima de uma possessão. Seth Ember descobre que o menino está sob o domínio de seu arqui-inimigo do além. Salvar a criança e derrotar definitivamente a terrível força sobrenatural não serão tarefas fáceis.

A originalidade do enredo valoriza o filme, dando ares de um Matrix paranormal e Aaron Eckhart desempenha bem o papel. Mesmo assim, há inevitáveis clichês das películas de exorcismo. Não se trata de uma obra-prima, mas pode divertir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s