Terror sobrenatural da Nova Zelândia

deadroom

Para quem curte histórias de casas mal-assombradas, com fenômenos paranormais, uma pedida interessante é o filme neozelandês The Dead Room. Pode se preparar pois está reservada uma boa sequência de sustos.

Lançado em 2015, The Dead Room tem direção de Jason Stutter, cineasta com carreira ainda restrita à sua terra natal. Conta a história de um trio que vai a uma casa abandonada investigar supostos acontecimentos sobrenaturais após a fuga da família que ali residia. Compõem a equipe o cientista Scott (Jeffrey Thomas), o gênio em tecnologia Liam (Jeff Brody) e a médium Holly (Laura Petersen).

Os três começam a presenciar e registrar com seus equipamentos fatos para lá de estranhos como tremores, barulhos e o arremesso de objetos que tão bem conhecemos como poltergeist. Curiosamente, acabam descobrindo que o espírito que os atormenta age por toda a casa, porém jamais entra em um determinado quarto. O interessante desta produção está em um desenlace surpreendente, no estilo de que quando você acha que as coisas já estão bem ruins elas podem piorar ainda mais.

Mesmo tendo sido malhado pela crítica, The Dead Room merece atenção. Melhor que muitas porcarias badaladas de terror que chegam aos nossos cinemas. E depois de vê-lo você certamente vai pensar melhor naqueles ruídos que costuma a ouvir em sua própria casa quando apaga as luzes para dormir em noites quase silenciosas.

Marcelo Araújo

 

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “Terror sobrenatural da Nova Zelândia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s