Espetáculo Leo põe arte de ponta-cabeça

leo

Como a realidade pode ser alterada conforme a perspectiva pela qual a observamos, mesmo que se restrinja a um pequeno quarto no qual um homem aparece confinado. Esse é o ponto de vista desenvolvido no espetáculo alemão Leo, que depois de passar por vários palcos internacionais agora está em turnê pelo Brasil. Uma realização da companhia Circle of Eleven, dirigida por Daniel Briére, a peça tem como performer solo o incrível Julian Schulz. A produção apresenta roupagem vanguardista, numa combinação de teatro, dança e animação.

Tudo acontece num cenário dentro de um retângulo. A grande sacada é uma câmera registrando as imagens do ator por um ângulo diferente e transmitindo num telão ao lado do espaço real, de maneira que ele aparece deitado no cenário de verdade e em pé na projeção. A partir daí, Julian Schulz realiza as maiores estripulias, brincando justamente com a relativização do espaço e a ilusão apresentada pelas lentes. Por meio da alteração dos movimentos do mundo real, ele consegue desafiar as leis da gravidade e alcançar proezas como andar pela parede ou fazer com que a água que sai de uma garrafa pareça se dobrar no ar e se projetar para dentro de sua boca. Na plateia, tanto crianças quanto adultos ficam alucinados com o que veem e não poupam gargalhadas. Magia pura!

Apesar da grande sacada visual, a elasticidade de Schulz faz a grande diferença. Com absoluto domínio, ele apoia todo o corpo em apenas uma das mãos, anda plantando bananeira e se estica pela parede como o super-herói Homem Borracha, dos quadrinhos. A peça ainda conta com recursos de animação. Em uma das cenas, o cenário filmado se enche de água, com direito a baleias, tubarões e submarinos, enquanto o protagonista nada de forma lúdica. De cair o queixo.

Também merece menção a trilha sonora, com a qual o corpo de Julian Schulz interage em instantes de dramaticidade ou leveza. No som, a 7ª Sinfonia de Beethoven, música erudita contemporânea e até Slayer. Leo passou por Brasília no último fim de semana e da próxima quinta-feira a domingo será apresentado na Caixa Cultural, em Salvador. A peça é recomendada aos que apreciam a fantasia sem fronteiras e se deixam levar às terras do encantamento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s