Cinco décadas de You Really Got Me

Kinks2

Há canções que dão novos rumos à história da música pela forma como mexem com a cabeça dos seus ouvintes. Uma delas, sem dúvida, é You Really Got Me, da banda inglesa The Kinks, que neste mês de setembro comemora 50 anos de seu lançamento. Cinco gerações já chacoalharam seus corpos e bateram cabeça ao som desta melodia. Terceiro single do quarteto britânico e escrito pelo vocalista Ray Davies, esse tema pode ser considerado um dos marcos do que veio a ser chamado anos mais tarde de Heavy Metal.

Uma entrada com um riff de guitarra pesado, seguido pela cozinha rítmica com uma bateria de timbre seco e um baixo com forte marcação. Qualquer semelhança com a base de inúmeros grupos que ensurdeceram o mundo na virada da década de 60 pra 70 não é coincidência. Com essa sonoridade, a banda então formada pelos irmãos Ray Davies (vocais e guitarra base), Dave Davies (guitarra solo), Peter Quaife (baixo) e Mick Avory (bateria) abriu caminho para que o rock’n’roll se tornasse mais sujo e agressivo. Combinado a isso, o vocal relaxado e original de Ray antecipava uma atmosfera punk, outro gênero que deve bastante aos Kinks.

You Really Got Me catapultou os rapazes nas paradas. Logo, viraram celebridade e um dos maiores nomes da chamada British Invasion (Invasão Britânica), fenômeno que, a partir de sua terra natal, tomou conta dos Estados Unidos e do mundo, ao lado de artistas como Beatles, The Who, Rolling Stones e Animals. Já a célebre composição ganhou muitos covers. O mais famoso deles é justamente de uma banda de heavy metal, o Van Halen, em seu primeiro disco, de 1978.

Curiosamente, esse incrível hit do quarteto nasceu com uma polêmica que perdura até hoje, a de que o guitarrista Jimmy Page, então ativo session man na cena musical inglesa, teria tocado o solo. De fato, o estilo da guitarra lembra muiiiiiiiiiiiito o de Page. Porém, os Kinks sempre negaram a participação do futuro líder do Led Zeppelin. O próprio Page declarou em 1970 não ter tocado na faixa. Até hoje, para provocar os irmãos Davies basta reacender a discussão. Recentemente, Dave Davies se enfureceu e acusou a TV BBC de mentir sobre esse fato em um documentário. “Eu inventei aquele som distorcido de guitarra e toquei o solo de You Really Got Me”, frisou. Mas, além do estilo do solo pageano, há evidências contrárias. O falecido Jon Lord, teclista do Deep Purple, disse numa entrevista que ele havia tocado piano e Page a lead guitar no single dos Davies e companhia.

Sabe-se lá se um dia conheceremos a verdade. De algo, entretanto, não se duvida: You Really Got Me é uma das melhores canções da história do rock e continua enxuta 50 anos depois.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s