Jogador argentino agride cão e se dá mal

Imagem

Mais uma imagem de violência contra animais, particularmente cães, chocou o mundo. O jogador José Jiménez, do Bella Vista, um time de futebol amador da Argentina, resolveu apelar para um ato bruto e nada esportivo. Pegou um cão que havia entrado no campo e arremessou o animal contra o alambrado.

Imediatamente, veio a reação do time adversário, o San Juán. Os atletas partiram para cima de Jiménez, que escapou de uma boa surra. O juiz, numa atitude mais do que louvável, expulsou o sujeito do jogo. Logo depois, seu time, também mostrando rigor, dispensou o agressor do cachorro.

Felizmente, o animal não se feriu. O jogador argentino sentiu o peso de sua bestialidade e alegou que não tinha a intenção de machucar o cão. Afirmou que apenas desejava atirá-lo à arquibancada, como se isso não pudesse ferir gravemente o bichinho.

Que essa postura exemplar, tanto do juiz quanto do time de José Jiménez, sirvam como aviso a outros que insistem em praticar violência contra animais indefesos. Nunca é demais citar o nome de Marcelo Pamplona, prefeito paraense que ordenou o massacre de mais de 300 cachorros. Porém, ao contrário da Argentina, onde se tomaram medidas drásticas, aqui, até agora, nada aconteceu com esse verme. Nossos hermanos dão exemplo. Pobre Brasil!

Anúncios

Um pensamento sobre “Jogador argentino agride cão e se dá mal

  1. Que absurdo! Ainda bem que os argentinos são mais conscientes e punem esses monstros. Aqui no Brasil já não vamos muito isso. Cadê a punição do prefeito?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s